segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Frases

"Uma película húmida embaceou a sua visão e Kylie reconheceu que não poderia detê-la. As lágrimas haviam chegado. Porquê? Essa pergunta curta navegou por sua mente confusa, transformando-se em dezenas de outras." (Nascida à meia-noite, C.C. Hunter)

sábado, 16 de setembro de 2017

Páginas do mundo

Olá! Sei que tento andado muito desaparecida... Desculpem por isso... Vamos a ver se é desta que volto para valer!
Hoje trago-vos uma notícia...
Páginas do mundo é nada mais nada menos que um grupo de leitores no Facebook. Se gostam da ideia toca a aderir ao grupo.
A ideia foi lançada pela Nita, mas curiosamente eu e a Cátia já tínhamos falado sobre algo do género...
Bem, vamos ao que interessa... O que é que se pode esperar desse grupo literário?
- Leitura conjunta;
- Maratonas originais em que para além do número de páginas lidas valoriza-se a interacção;
- Mini desafios diferentes;
- Maratonas temáticas;
- Partilha de experiências;
- Interacção e animação!
Curios@! Até! Até já!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Ser solitária num mar de gente

Ser solitária num mar de gente...
É assim que me tenho sentido estas últimas semanas. Não sei explicar porquê nem ao certo sei qual o clique que desencadeou esse sentimento, mas é, para mim, um dos piores sentimentos que o ser humano pode sentir.
É tão mau, tão triste...

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Descanso?

Se por um lado nos dias de folga,  descanso ou férias uma pessoa quer fazer tudo e mais alguma coisa,  por outro só quer descansar... Vá-se lá perceber 😵

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Mãe... já lá vão 9 anos... Já?

Mãe,...
Impossível esquecer da nossa cumplicidade, do nosso carinho, e é por isso que eu faço questão de guardar essas lembranças boas, não com saudade, mas como aquele sentimento bom de respeito por quem fez parte da minha história e por quem fez de mim a mulher que sou hoje, de alguém que, por 25 anos, me transbordou...

Por vezes sinto-me egoísta. Não queria que partisses. Partiste cedo demais...
Sem ti, por vezes, sinto-me vazia... Tu estavas sempre aqui para mim. Acontecesse o que acontecesse, pois o teu amor por mim era incondicional... Tal como o meu amor por ti...
Sim, fazes-me falta. Sempre farás.
Às vezes sinto como se a minha vida não fizesse sentido, mas aí penso em ti e sinto uma força vinda não sei de onde apoderar-se de mim...
Dizem que sou forte. Não, mãe, não sou... Essas pessoas nem imaginam o quão enganadas estão... Elas nem imaginam o caco que vai dentro de mim...

9 anos... Já?
9 anos...
Tanta coisa se passou nestes 9 anos... Muito mudou... Ainda bem que não estás cá para ver, pois ficarias destroçada...
Mãe, sabes que estarás para sempre no meu coração, como sei que sempre fui parte do teu...
Amo-te tanto, tanto...